terça-feira, 28 de maio de 2013

Profissões

"E agora tu ficas com a minha filha enquanto eu vou trabalhar. Ela chama-se Ana e saiu agora da minha barriga e eu já estava grávida outra vez e o meu trabalho era entregar cartas. E tu és a avó e ficas com ela. Não te esqueças de lhe dar o biberão, duas gotas de cada vez e se ela chorar tu telefonas-me e eu venho imediatamente para cá. E agora eu ia-me embora e e tu dizias então adeus e não te preocupes que ela fica bem. Vá, agora vou-me embora levar as cartas. Eu sou carteirista. Adeus, adeus."

[Mada e mamã brincam às famílias enquanto na televisão uns senhores discutem a co-adopção como se não houvesse amanhã e esgrimem argumentos idiotas e vazios em nome do que eles dizem ser o superior interesse das crianças. Como se o superior interesse das crianças não fosse, acima de tudo, serem amadas e felizes, seja com um pai e uma mãe, dois pais ou duas mães.]

3 comentários:

catarina disse...

carteirista... mmm... estou a ficar curiosa :D

graça anibal disse...

É tudo tão maravilhoso!!!

Alexandra A. disse...

Filomena, esta conversa é o máximo!!! :) :) Fartei-me de rir!
Beijinhos à avó, à mãe e á minha sobrinha-neta Ana :)