segunda-feira, 9 de junho de 2014

Neste blogue também se faz crítica de restauração...

... por isso vamos lá falar do novo Mercado da Ribeira:

Eu, que só queria era comer umas sardinhas assadas, dei por mim neste sítio da moda, cheio de marcas da moda, muito giro e  muito bem decorado, mas, naturalmente, sem sardinhas assadas. Tinha, pelo contrário, uma multidão de gente. Filas enormes para tudo. Empregados suados e mal dispostos à beira de ataques de nervos, provavelmente de pé há horas e a tentar ser chiques, porque o sitio é chique. E tinha, também, gente a discutir por causa de uma cantinho numa mesa corrida, senhoras loiras e com malas carérrimas quase a arrancar cabelos umas às outras por causa de duas cadeiras que cada uma delas jurava que tinha visto primeiro. E turistas sentados no chão, com fatias de pizza e hambúrgueres de peixe, que provavelmente tinham desistido de esperar por um lugar e fizeram eles muito bem.
Tudo isto para dizer que o novo Mercado da Ribeira não me encheu as medidas. A comida é boa, sim senhor, mas cara e longe de compensar as filas e os apertões e o tempo de espera. O conceito é muito giro, o local está muito engraçado, e espero que os senhores do mercado propriamente dito, que continuam por lá, estejam também a ganhar  alguma coisa com aquilo.
Quanto a mim, não digo que não volto, mas daqui a uns bons tempos, quando a coisa tiver passado de moda. Tão cedo não me apanham por lá.

(foto daqui)

1 comentário:

Maggie F. disse...

só vou aos sitios da moda quando estão a passar de moda, detesto apertos ;)
Bjos

Maggie