segunda-feira, 21 de junho de 2010

Coisas que me chateiam à brava...

... são aqueles senhores que vão para a praia, chegam de manhã cedo, têm um areal imenso por ocupar, e insistem em espetar o chapeu de sol com anúncios à coca-cola mesmo na nossa frente. Chateiam-me, pronto. Fico com vontade de lá ir e sugerir, educadamente, que se desloquem um bocadito. Uns míseros centímetros, coisita pouca, que me restituam a vista de mar, em vez de ter pela frente o calçãozinho lycra do marido e a celulite instalada e definitiva da senhora. Já anunciei várias vezes que ia lá, falar com eles, mas o homem cá de casa, ponderado, como sempre, insiste em lembrar-me que a praia é de todos e que cada um se senta onde quiser, e bla, bla e bla, bla. Faço-lhe a vontade, mas lá vou rogando umas pragas aos infelizes, ao mesmo trempo que lhes sorrio cinicamente, quando levantam os olhos do Record ou da revista Lux. É que agora tenho novos aliados que, na hora de vir embora, presenteiam a vizinhança com largos minutos de choradeira da grossa. Ora tomem lá que é para aprenderem.

3 comentários:

carla.mateus.silva disse...

Bom dia,ainda estão por cá? e amanhã k fazem?
Bjs

Lina Santos disse...

Olá, Filomena
a praia começa para a semana, mas tínhamos de decidir com antecedência para... pagar, claro! :) Estou ansiosa, também. Espero que corra tudo bem e não ter tomado a decisão errada. Como estão os pimpolhos? Parece que no outro dia os perdi por minutos...

mena disse...

Carla, não tenho visto o blog... entretanto viemos para Sintra. Talvez em Agosto...

Lina, há-de correr tudo bem. Tenho andado pelas praias nos últimos dias e tenho visto inúmeros grupos de miudos, com as respectivas escolas. Divertem-se à brava. Temos de nos habituar a estas manifestações de independência...