segunda-feira, 12 de março de 2012

Penteado novo

Está um menino, o meu bebé grande. Não se dá muito por isso porque insiste em se manter em silêncio, que é como quem diz, em não falar, porque lá silencioso é coisa que ele não é, sobretudo quando discute com a mana. Mas, dizia eu, está um menino crescido, que percebe tudo o que se lhe diz e sabe muito bem o que quer. Ontem, depois do banho, perguntei-lhe se queria fazer um penteado novo. Queria, sim, queria, acenou-me com a cabeça. E lá se sentou, muito direito, enquanto a mamã, de tesoura em punho, lhe cortava o cabelo. De vez em quando apontava para um sitio qualquer, onde queria que eu cortasse mais, punha a cabeça mais para baixo ou mais para cima, consoante era preciso e no final, muito orgulhoso, foi mostrar à mana o seu novo look. Dona Madalena, chateada porque a televisão se tinha desligado, respondeu, antipática, que não estava nada giro, mas o rapaz ficou de facto lindo, a provar que a mamã – modéstia à parte - é uma excelente cabeleireira.
No entanto, feita esta experiência que tão bem correu, parece estar mesmo na hora de Pedrinho ir ao barbeiro com o papá.

3 comentários:

graça anibal disse...

oh, a avó gostava tanto de o ver com o cabelo comprido!

Beijos

mena disse...

não se assuste a avó, que o rapaz continua com uma bela melena. o corte apenas atingiu as pontas já que, na ausência do pai, não me atrevi a mais :)

Oficinas RANHA disse...

Se correu tão bem, na próxima cortas outra vez...
Beijinhos da Ana Cristina