domingo, 27 de dezembro de 2009

Natal da Madalena

Dois dias de maratona, mas cheios, muito cheios de emoção.

Com viagem relâmpago ao Alentejo;

Doces e comidinha da avó (demasiada para uma mãe grávida de sete meses);

Um avô vestido de Pai Natal deliciado com o seu papel e que se portou à altura mesmo quando a neta desatou num berreiro de susto;

Uma neta cheia de mimo que mal se habituou ao Pai Natal já só queria era rasgar papéis e abrir presentes;

Uma noite de consoada sem Missa do Galo, que estava demasiado frio, mas com visita ao presépio no dia seguinte mesmo com chuva;

Presentes, muitos, e uma bebé deliciada com o triciclo novo, o carrinho do nenuco, a camisola nova que insistiu em pôr imediatamente para a seguir se ir ver ao espelho, entre um montão de outras coisas que recebeu sempre com aquele sorriso tão lindo dela.

E depois, no dia seguinte,

Nova viagem, desta vez de regresso a Lisboa, debaixo de uma chuvarada imensa, que havia por cá mais festas à espera;

Com primos que a deixaram louca de excitação, a rir e a brincar que nem uma perdida;

Visita à avó Graça, com prendas;

Jantar na avó Gracinha (e mais comida boa para a mamã engordar);

Um avô que não esteve, mas foi como se estivesse;

Mais prendas, muitas prendas, algumas já guardadas para lhe dar daqui a uns tempos, porque agora não tem tempo para brincar com todas;

E um total de duas maratonas em que se deitou sempre já muito depois da meia-noite porque foi a estrela das festas e uma estrela não se retira antes do fim, pois claro.

1 comentário:

Cougar disse...

:) UM FELIZ NATAL NO SENTIDO LATO!!!beijinhos gordos